Notícias

31° Edição do Festidança encerra com Jam de Dança e Música Volta do evento presencial marca esta edição

31° Edição do Festidança encerra com Jam de Dança e Música 

Volta do evento presencial marca esta edição  

O 31º Festidança chegou ao fim depois de oito dias de muitos espetáculos e workshops, com participação presencial e on-line do público. O festival se despediu com um Jam de Dança e Música ao vivo, que contou com Kabé Pinheiro e François Muleka na música e improvisos de dança com os bailarinos André Santana, Alexandre Bruno, Brun Willi, Flávia Kishimoto, Gabriela Bagno, Giulia, Lavínia Gonçalves, Luan Fonseca, Edson Pitchula, Rafaela Ribeiro e Teo Possatti. 

O músico François Muleka celebrou ao final da apresentação “Que espetáculo bonito! Fiquei muito feliz de vir e de estar aqui junto. No meio desse caos todo que aconteceu, é um grande presente. Que esse nosso festejo se estenda para o dia de todos e que possa nos acalmar na hora que houver um 'atropelo' no caminho".   

Essa é a primeira experiência presencial e aberta para o público no Parque Vicentina Aranha depois de tanto tempo em casa. Aldo Zonzini Filho, Diretor Executivo da AFAC, comentou sobre o formato inédito “Foi uma experiência nova, fizemos a primeira versão dentro do Parque. Graças a esse espaço foi possível trazer o público presencialmente (...), foi um momento marcante e especial para todos que puderam compartilhar de tudo o que foi feito aqui”.  

Festidança contou com a presença de cerca de 4 mil pessoas entre workshops e apresentações e já alcançou cerca de 7 mil2 visualizações nas redes sociais do Vicentina Aranha, onde seguirá disponível todo o conteúdo desta edição do festival com o tema “Bom Tudo… Dance…”. 

  

Sobre o Parque Vicentina Aranha     
   

Foi inaugurado pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 1924, como Sanatório Vicentina Aranha, um dos maiores centros para tratamento de tuberculose da América Latina. É tombado como patrimônio histórico pelo COMPHAC (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural do Município de São José dos Campos) e CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e turístico). Desde 2007, na gestão de Eduardo Cury, funciona como Parque Vicentina Aranha, de propriedade do Munícipio de São José dos Campos. Estando a administração, desde 2011, a cargo da AFAC- Organização Social de Cultura, a qual promove a recuperação das edificações com obras de manutenção e restauro, além de uma vasta e diversificada programação cultural e de qualidade de vida.  

O Parque Vicentina Aranha conta com o patrocínio do Instituto de Oncologia do Vale, Latécoère do Brasil, Sabin Medicina Diagnóstica, Concessionária Tamoios, Byofórmula Farmácia; Apoio da Vale Cloud e promoção do Jornal O Vale e Rádio Jovem Pan.     

   

Site:https://www.pqvicentinaaranha.org.br/      

Instagram:https://www.instagram.com/parque_vicentina/       

Facebook:https://www.facebook.com/parquevicentinaaranha       

Youtube:https://www.youtube.com/parquevicentinaaranha    

Seja Nosso Associado

Conheça as vantagens, benefícios e requisitos para se tornar um associado SJK CVB

Associados e Parceiros

Receba as melhores dicas e notícias de São José dos Campos